Um Breve Histórico sobre Associações de Facilitadores no Brasil

O sentimento de grupo é muito intenso na Biodança. Sempre foi. Assim, surgiu cedo as intenções de criar associações de facilitadores. Houve o surgimento da ALAB, Associação Latino-Americana de Biodança que prosperou durante certo tempo, gerando frutos. Daí em diante, surgiram associações regionais, mas o sonho de uma associação nacional continuou nos sonhos dos facilitadores.

Gerou-se um grupo pelas redes sociais favoráveis à criação de uma Associação Brasileira de Facilitadores de Biodança (ABRAÇA), numa atividade continuada desde maio 2015.

O grupo se propôs de início a realizar uma enquete entre os facilitadores sobre a aceitação da proposta de criação de uma Associação Nacional de Biodança e, sendo positivo o resultado, duas tarefas foram desenvolvidas: um censo de Biodança e a elaboração de uma minuta de estatuto da Associação. A comissão original cresceu tanto nesse período, que foi necessária a criação de uma comissão menor que coordenasse o processo. Tal atividade resultou na criação de dois grupos:

A Comissão Pró-ABRAÇA

Abraçando – Pró-Associação de Facilitadores de Biodança, com  69 membros

A comissão Pró-ABRAÇA era composta por Alana Alencar (CE), Aziz Santos (MA), Cezar Wagner (CE), Débora Cabral (CE), Eliana Almeida (RJ), Erika Gouvea (SP), Ismênia Reis (PI), Jorge Santos (RS), Lilian Rocha (RS), Lorena Oliveira (PE), Nancy Cury (SP) e Reni Dino (CE)

Deu-se então prosseguimento à elaboração da minuta do estatuto, ocasião em que diversos estatutos foram compartilhados e estudados, tanto de organizações de Biodança quanto de outros profissionais, a fim de se ter um caminho a seguir.

À medida que se ia construindo o documento, as ideias eram compartilhadas não somente com a

comissão e o grupo maior, mas com facilitadores e estudantes em diversas cidades, que se reuniram para também conversar sobre a proposta e darem sua contribuição a esse rico processo coletivo.

O texto, produto desse processo, foi discutido em reunião durante o XXVII ENEB em São Luís, em primeiro de setembro de 2016, com a participação de 30 pessoas. Nesta ocasião algumas ideias significativas foram apresentadas e acrescentadas ao texto original da proposta estatutária

Com essas alterações, considerou-se aprovado o Estatuto, marcando-se para o XXVIII ENEB, na Bahia, a Assembleia de fundação da Associação.

Em Salvador não se constituiu a Associação conforme foi planejado, mas foram realizadas 4 reuniões de reformulação do Estatuto, cujo resultado foi reescrito para adequação de alguns pontos, cujo texto foi apresentado ao grupo Pró-ABRAÇA .

A partir dessa data, a Comissão Pró-ABRAÇA se constituiu com os seguintes nomes: Alana Alencar (CE), Aziz Santos (MA), Cezar Wagner (CE), Cristina Lellis ((DF), Eliana Almeida (RJ), Erika Gouvea (SP), Ismênia Reis (PI), Jorge Santos (RS), Lilian Rocha (RS), Lorena Oliveira (PE), Nancy Cury (SP)

. Na conclusão de seus trabalhos, esta comissão definiu as datas 3 e 4 de março de 2018, em Brasília para a realização da Assembleia de Fundação da Associação Brasileira de Facilitadores de Biodança – ABRAÇA.

Nas ações prévias da Assembleia, houve uma convocação aos facilitadores brasileiros, pedindo propostas e modificações ao estatuto até então elaborado. Durante dias de intensa discussão e compartilhamento através das redes sociais e, depois, durante a Assembleia, no dia 3 de março foi aprovado o Estatuto e eleita a primeira diretoria da ABRAÇA. Hoje nos aproximamos dos duzentos associados e caminhamos para a consolidação e ampliação das ações da ABRAÇA, sempre apoiados na vitalidade e força oriundos de nossa união.

Abrace a ABRAÇA – Filie-se!

Leia o Estatuto e o Regimento Interno da Associação e preencha, assine e envie a ficha de filiação digitalizada juntamente com:

Cópia do Documento de Identidade
Cópia do CPF
Cópia do Comprovante de Titulação para Facilitador em Biodança
Cópia da Declaração da Escola de Biodança (estudantes)
Envie para 
abracabiobrasil@gmail.com

Estatuto

Regimento Interno

Ficha de Filiação com Instruções

Faça parte desse movimento!

© 2020 Feito com ❤️  ABRAÇA – Todos os direitos reservados  📸  © 2020 Valu Ribeiro